Longe das benesses do poder, mas perto do pulsar das ruas.

Hoje o povo brasileiro fez história. Mais de um milhão de pessoas em São Paulo, quase dois milhões em todo o país. Foi uma das maiores manifestações da história do Brasil. Não foi organizada por partidos da oposição ou entidades sindicais. É o produto espontâneo da reação ao estelionato eleitoral, à inépcia do governo federal e da indignação contra a corrupção implantada como método de administrar o país. Estejam certos: 15 de março vai ser fator decisivo da mudança de rumos do Brasil neste início de século: democracia mais forte e representativa, ética na administração pública e desenvolvimento para todos.

Nós do PSDB temos a palavra de ordem que vai orientar nossa atuação junto à sociedade: longe das benesses do poder, mas perto do pulsar das ruas – lema que presidiu a nossa fundação.

(Facebook, José Serra)

Veja Também

A indústria faz a diferença

Estadão, 26/5/2011 Vira e mexe, defrontamo-nos com a tese de que “o Brasil está se desindustrializando” ou corre grandes riscos nesse sentido. É bom esclarecer que o termo “desindustrialização” não significa…

Sobre a dificuldade em aprovar as reformas constitucionais e a necessidade de insistir nelas

27/05/1997 Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, tem sido aventada pela imprensa, inclusive mediante entrevistas de Parlamentares, a idéia de que dever-se-ia abandonar, do ponto de vista do Executivo, o dilema…

Oposição pra quê?

O Globo, 10/02/2011 O principal risco que correm as oposições – e, portanto, também o PSDB – é perder tempo em embates menores, combates internos fantasmas ou antecipações irrealistas, como…