Nota de repúdio à armação da ditadura venezuelana

“Não mais há mais espaço no mundo para a falta de liberdade. São inaceitáveis as hostilidades cometidas hoje contra a comitiva de senadores brasileiros na Venezuela. Fica mais claro ainda que o Brasil não pode fazer coro às ditaduras. Suspender o governo da Venezuela no Mercosul é a melhor resposta imediata. Quero expressar aqui minha total solidariedade aos senadores e jornalistas agredidos pela armação da ditadura venezuelana”.

Veja Também

Homenagem aos atletas israelenses mortos em Munique (1972)

Rio de Janeiro, Palácio da Cidade, 14 de agosto de 2016 Moshe Weinberg, Yossef Romano, Ze’ev Friedman, David Berger, Yakov Springer, Eliezer Halfin, Yossef Gutfreund, Kehat Shorr, Mark Slavin, Andre…

Leilões na mudança

É essencial alterar a legislação para que o petróleo beneficie as futuras gerações     O Estado de S.Paulo 14 de novembro de 2019 A o olhar as grandes mudanças…

Mal-estar na globalização

Seu sucesso dependerá de reconciliar avanços econômicos e elementos culturais e políticos O Estado de S.Paulo 27 de junho de 2019 Alexander Solzhenitsyn, com sua peculiar alma russa, escreveu que…