Serra apresenta emenda que obriga o BNDES a publicar demonstrativos na internet

Brasília – O senador José Serra apresentou nesta quinta-feira (04/02) emenda à Medida Provisória 663/2014 que prevê mais transparência nas operações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A proposição obriga o Ministério da Fazenda a divulgar, a cada dois meses, pela internet, os custos dos financiamentos concedidos pelo banco nas áreas privada e pública. “O que falta é uma política clara de prestação de contas periódica por parte do BNDES à sociedade”, disse José Serra.

Serra afirma que o banco tem papel fundamental no fomento ao investimento produtivo, mas a forma pela qual o governo vem conduzindo esta e outras políticas públicas geram dúvidas sobre uma gestão pública eficiente. O volume de créditos do Tesouro junto ao BNDES passou de R$ 236,7 bilhões para R$ 487,9 bilhões, entre 2010 e 2014, atingindo a marca de 9,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

A emenda está em discussão na comissão mista, composta por senadores e deputados. A MP 663/2014 aumenta em R$ 50 bilhões o limite de recursos repassados pela União ao BNDES.

 

Veja Também

Serra: A miséria da política: Crônicas do lulopetismo e outros escritos, de FHC

* Texto escrito por José Serra para o livro A miséria da política: Crônicas do lulopetismo e outros escritos, de Fernando Henrique Cardoso. Todos conhecem Fernando Henrique Cardoso. Cada livro…

Constituição na crise dos 30

Precisamos reagir contra as sinalizações de mudanças constitucionais radicais O Estado de S.Paulo 11 Outubro 2018 Há 30 anos, completados semana passada, foi promulgada a atual Constituição, que Ulysses Guimarães…

Operações do BNDES ganham mais transparência

Brasília – O relatório que revela o impacto fiscal dos financiamentos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já está disponível no site da Secretaria do Tesouro…