O senador José Serra (PSDB-SP) protocolou no dia 10 de fevereiro (terça-feira) projeto de lei que institui o sistema eleitoral majoritário uninominal, o voto distrital, nas eleições para as Câmaras Municipais. A proposta prevê, a partir de 2016, a realização de eleições distritais em 90 municípios brasileiros, com mais de 200 mil eleitores.

José Serra argumenta que a implantação do voto distrital nos grandes municípios resultará na redução de mais de R$ 5 bilhões nos custos de financiamento das campanhas, nas  eleições de 2016.

“Os gastos excessivos nas candidaturas serão reduzidos, principalmente, com estrutura e propaganda. Os candidatos realizarão campanha apenas em seus distritos e não em toda cidade, como acontece hoje”, afirma Serra.

De acordo com o projeto de lei o novo sistema prevê que cada partido ou coligação poderá registrar apenas um candidato a vereador por distrito eleitoral.    O número de distritos eleitorais por município será igual ao número de vagas existentes na respectiva Câmara Municipal e determinado pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE´s).

O projeto de Lei encaminhado por Serra altera a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965, do Código Eleitoral, e a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997.

 

Veja Também

Com presença de Serra, Saúde anuncia aumento nos transplantes no Brasil

Com a presença do senador José Serra (PSDB/SP), o Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (27), no Hospital do Rim, em São Paulo, o aumento no número de transplantes mais…

Serra quer velocidade, prazos e controle social para o registro de medicamentos no Brasil

Brasília – O senador e ex-ministro da Saúde José Serra (PSDB/SP) apresentou nesta semana um projeto de lei que estabelece prazos e garante velocidade, transparência e mais controle social para…

Artigo no Estadão: “Sistema melhor e mais barato”

Sistema melhor e mais barato O Estado de S.Paulo 14 de setembro de 2017 Há muito insisto na tese de que o sistema eleitoral vigente é uma usina de impasses….