Senador propõe a extinção das Mesas Diretoras das Casas Legislativas

Brasília – O senador José Serra (PSDB-SP) protocolou nesta terça-feira (24/02) proposta de emenda à Constituição (PEC) que visa a extinguir as Mesas Diretoras das Casas Legislativas do país. Isso valeria para todas as Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, Câmara Federal e Senado. Cada uma delas teria apenas um presidente e um vice, como acontece em países como Estados Unidos e Chile.

José Serra argumenta que a disputa pelos cargos nas Casas Legislativas, como acontece, é foco de conflito e de cooptação entre partidos e parlamentares. “As pessoas são eleitas para legislar, fiscalizar, fazer propostas, não para ficarem disputando cargos administrativos e pilotando concorrências para contratar serviços ou equipamentos, material de escritório e alimentos”, afirma o senador, que recebeu apoio da bancada do PSDB e de outros partidos, incluindo o presidente do Senado, Renan Calheiros.

A PEC propõe que as funções das mesas sejam desempenhadas pelo quadro de servidores efetivos das casas. Além de tornar mais racional a gestão desses órgãos, a medida trará redução de despesas. Em geral, os parlamentares que ocupam funções nas mesas podem dispor de salas maiores, contratar ou requisitar mais funcionários, e várias outras regalias.

 

 

 

 

Veja Também

Serra apresenta emenda que obriga o BNDES a publicar demonstrativos na internet

Brasília – O senador José Serra apresentou nesta quinta-feira (04/02) emenda à Medida Provisória 663/2014 que prevê mais transparência nas operações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)….

Senado aprova aposentadoria compulsória aos 75 anos no serviço público

O Projeto de Lei do Senado – Complementar 274/2015 – que estende para os 75 anos a aposentadoria compulsória para todo o serviço público foi aprovado nesta quarta-feira (01/07) no…

Projetos de José Serra estão na pauta do Plenário

Três projetos do senador José Serra (PSDB-SP) estão na ordem do dia do Plenário nesta semana.  Dois deles estão em regime de urgência e têm prioridade de votação: o projeto de…